Como classificar apresentações em PowerPoint pelo seu design?

Depois de muito tempo lendo e estudando técnicas de oratória e design de apresentações em PowerPoint, percebi que alguns autores renomados da área estão cobertos de razão ao criar uma classificação para o design dos slides. Sim, assim que você terminar de ler esse artigo e for assistir a sua próxima apresentação, tente identificar em qual categoria o palestrante se enquadra. A classificação foi criada por Nancy Duarte e Garr Reynolds, ambos os autores de livros sobre técnicas de design para slides e oratória.

Estou lendo o livro da Nancy Duarte agora, sobre apresentações e devo em breve fazer uma análise dele aqui no Blog, mas mesmo antes de terminar a leitura quero comentar essa classificação, que é simples mais muito verdadeira!

bad-powerpoint

A classificação se divide em três partes e funciona assim:

  • Apresentação do tipo documento: Esse é o tipo de apresentação em que a pessoa responsável pela elaboração dos slides, caba criando um documento. Sim, aquelas apresentações que podem ser usadas ao mesmo tempo para estudar ou conhecer um determinado assunto, sem o palestrante. Esse é o pior tipo de apresentação, em que o palestrante podia muito bem enviar o material por e-mail ou impresso e economizar o tempo da palestra.
  • Apresentação do tipo teleprompter: Aqui temos o tipo mais comum, em que se enquadra a maioria dos profissionais. Com esse tipo de apresentação, o palestrante adiciona os textos necessários ao slide para que ele e a platéia sigam a apresentação lendo. O uso desse tipo de apresentação gera dois graves erros em palestras, na maioria das vezes o palestrante de vira para a tela, para poder ler os textos e esquece-se da audiência e as pessoas esquecem o que está sendo falado na apresentação, pois estão ocupadas lendo os slides.
  • Apresentação: Por último, as apresentações que realmente são apresentações. Esse tipo é fundamentado basicamente em elementos visuais e é o pilar de uma boa apresentação oral, sem mencionar que seguem uma boa lógica de raciocínio e passam uma mensagem.

Como você pode perceber, a maioria das pessoas é condicionada a criar apresentações do tipo teleprompter. Da próxima vez que você assistir a uma palestra, tente classificar a apresentação e torça para ser uma apresentação mesmo!

Concurso Slideshare: A crise financeira em 30 slides

O assunto que toma os noticiários nos últimos dias é a crise financeira global, que para muitos de nós professores ainda é um tema fora da nossa realidade, mas em algum momento você vai precisa comentar isso com seus alunos. Um bom professor deve ter como característica a capacidade de explicar os mais diversos assuntos, por mais complexos que sejam para seus alunos, mesmo que não seja da sua área. Por isso, acredito que o concurso lançado pelo Slideshare.net é perfeito para professores e pessoas com boa capacidade de explicação.

O concurso é bem interessante e lida com apresentações em slides, que devem explicar de maneira clara e sucinta a crise econômica global.

nasdaq

As regras do concurso são simples, você deve em apenas 30 slides, usando quaisquer meios existentes nos slides, explicar a crise. Nesse ponto, você pode entender quaisquer meios, como sendo uma referência ao uso de ferramentas pictóricas e textuais para elucidar esse assunto.

A premiação do concurso é composta por um iPod Touch e iPods Nano, a lista completa de prêmios do concurso pode ser consultada no link indicado no início do artigo.

Se você quiser testar as suas habilidades na criação de apresentações eficientes, essa é uma excelente oportunidade e ao mesmo tempo um grande desafio. Pois, caso você não tenha percebido, a apresentação precisa ser desenvolvida em língua inglesa. Sim, para que o material possa ser julgado de maneira adequada, os textos usados na apresentação devem estar em inglês.

Quer uma dica sobre como começar a trabalhar no material? Sempre é importante lembrar-se de algumas diretrizes principais, para que o seu trabalho no PowerPoint fique facilitado:

  • A apresentação é baseada em um fato que já ocorreu, portanto faça uma pesquisa pelos fatos, para montar uma linha de raciocínio a desenvolver
  • Faça um pequeno rascunho da apresentação antes de começar
  • Use imagens que representem de maneira clara as emoções dos investidores e consumidores, nessas duas últimas semanas
  • É melhor investir em palavras chave, para explicar os acontecimentos, evite descrições

Sei que é difícil explicar essas coisas, apenas com o uso de slides, sem o apoio da oratória. Mas, imagine de você tivesse que fazer a mesma coisa, na sala de aula, apenas com o uso de quadro? Não seria a mesma coisa?

Eu estou reservando um tempo aqui para me inscrever e tentar uma colocação. Pelo menos, vale pela experiência!

Biblioteca de modelos para slides em PowerPoint para diversas áreas

Como parte do meu trabalho em design instrucional, estou sempre procurando recursos para ajudar professores a preparar de maneira mais satisfatória e eficiente suas aulas. A produção de aulas usando o PowerPoint é disparado o assunto que mais desperta interesse na maioria dos docentes. Para tentar ajudar ainda mais os colegas professores, estou sempre procurando coleções e modelos de slides prontos na internet, que apresentem boas apresentações em PowerPoint prontas, para que os professores possam apenas fazer pequenas modificações no conteúdo e criar as suas aulas e palestras de maneira mais rápida.

Essa semana encontrei uma ótima biblioteca de modelos para slides em PowerPoint, com grande número de opções e categorias. Antes de visitar o link indicado, devo informar que o web site é um pouco confuso na sua parte visual, mas a quantidade de recursos e modelos classificados por assunto, vale a visita! As apresentações disponíveis são destinadas a alunos e professores do ensino médio, mas é possível aproveitar o material em aulas de outros níveis também.

Plano de fundo - Slides PowerPoint

Por exemplo, um dos tipos de apresentação mais difícil de elaborar é a relacionada com a área de saúde. Na maioria das vezes os professores precisam elaborar slides e apresentações sobre temas difíceis em termos de material, em que a busca por imagens e gráficos fica muito prejudicada. Na biblioteca de modelos para slides indicada, existem subcategorias específicas para a área de saúde e biológica, que apresentam ótimas opções de modelos.

Mas, e os planos de fundo, gráficos e imagens? Basta copiar uma das apresentações e usar o copiar e colar do computador.

Agora, antes que você “vá com muita sede ao pote”, recomendo que faça uma busca meticulosa na biblioteca para encontrar as melhores opções de modelos de apresentações para o PowerPoint.

Algumas das apresentações existentes na biblioteca estão no formato PDF, mas é possível sim aproveitar esse tipo de material. Mesmo que você não possa importar ou abrir esses arquivos no PowerPoint, use esse material como referência para elaborar suas próprias apresentações.

Mesmo com a maioria das apresentações sendo feitas para o PowerPoint, quem usa o Impress do Open Office, pode aproveitar o material também.

Dicas de produtividade na criação de Slides em PowerPoint para educação

O uso do Powerpoint como ferramenta base para construção de material educacional, principalmente nos cursos a distância é muito controverso. A maioria das pessoas ainda acha essa à melhor solução, por ser rápida e não envolver grandes investimentos em treinamento e adaptação. Afinal de contas, a grande maioria dos professores conhece, mesmo que superficialmente o funcionamento do Powerpoint. Em minha opinião, usar o Powerpoint como referência em cursos a distância é um grande erro! Até mesmo as famosas apresentações narradas, que são criadas com o uso de softwares como o Camtasia, acaba sendo um dos fatores que fazem os alunos desistirem da aula, antes do seu término.

Esse tipo de apresentação dificilmente supera a dinâmica e apelo de uma aula ou palestra presencial.

Mas, se o seu objetivo é criar apresentações para aulas e palestras presenciais, o Powerpoint ou sistemas online semelhantes, ainda constitui a melhor opção. Se você quiser melhorar a sua produtividade, na criação dessas aulas e apresentações no Powerpoint, encontrei um ótimo artigo escrito por Tom Kuhlmann, o artigo se chama dicas de produtividade para criar apresentações no Powerpoint, para aulas a distância. Sei que isso contradiz um pouco o que acabei de mencionar no primeiro parágrafo, mas é a opinião dele.

Como o artigo está hospedado em um blog que incentiva o uso do Articulate, que é um software de autoria para apresentações e palestras online, baseadas no Powerpoint, acho que ele não pode ser contra o uso de slides em aulas online!

Microsoft Powerpoint 2007

O artigo lista algumas dicas já conhecidas pelo pessoal de design gráfico, acostumado a elaborar material no Corel Draw ou Illustrator, mas pode ser muito útil para professores e palestrantes sem experiência com criação de material visual.

Eu mesmo já uso algumas das dicas que o Tom passou no artigo, devo confessar que as dicas são simples, mas ajudam a acelerar o processo de criação mesmo:

  1. Quando começar a criar uma apresentação no Powerpoint, insira todos os elementos gráficos de uma só vez na apresentação. Você pode perder muito tempo, localizando arquivos e inserindo por demanda as imagens e cliparts
  2. Mantenha as imagens e cliparts sempre ao redor dos slides, para que eles estejam sempre próximos no momento que você precisar deles
  3. Sempre que for necessário realizar alguma edição mais complexa em um elemento, crie um slide “curinga”, para editar esse material mais complicado. Isso é útil na organização das camadas do slide também
  4. Use a opção de “Ocultar Slide” para manter esse slide curinga na apresentação, mas fazer com que ele não seja exibido na apresentação

Esse é um resumo das dicas apresentadas no artigo, recomendo uma visita ao texto original para conhecer mais dicas de produtividade e assistir uma apresentação online do autor.

Sliderocket: Melhor opção para apresentações em slides online – aberto ao público

Já faz um bom tempo que mencionei o Sliderocket aqui no Blog, como sendo uma ótima opção para criar e publicar apresentações na internet. Bem, a minha experiência com o sistema vinha apenas de vídeos de demonstração, pois até pouco tempo atrás, ele era um sistema fechado que permitia o acesso apenas com um número limitado de convites. Bem, há alguns dias atrás o sistema se tornou público e qualquer pessoa agora pode se inscrever para fazer os devidos testes. Assim que fiquei sabendo da possibilidade de usar o sistema, me inscrevi imediatamente.

Já faz alguns dias que estou usando o sistema para montar algumas apresentações e tenho um veredicto preliminar sobre a experiência; fantástico!

Quer ter uma idéia do que é possível fazer com o sistema? Veja essa apresentação em slides, que pode ser adicionada em qualquer página web, como blogs e até mesmo em sistemas LMS, como o Moodle:

Impressionante, não é?

Como funciona o sistema? A maneira com que as apresentações são criadas e gerenciadas é muito semelhante ao que é feito pelo Google Docs, mas com uma qualidade de apresentações e efeitos infinitamente superior.

Para ter uma idéia de como a apresentação fica bem feita, podemos fazer até uma breve comparação com o Keynote da Apple.

As transições entre os slides e os efeitos que podem ser aplicados em textos e imagens, mostram que o PowerPoint ainda precisa melhorar muito para chegar ao nível dessas apresentações.

Posso abandonar o PowerPoint? Ainda é cedo para adiantar esse tipo de informação, mas posso dizer que qualquer professor ou palestrante, deve vai ficar impressionado com o que é possível fazer com essa ferramenta fantástica.

Mas, os efeitos nas apresentações não são o maio atrativo, mas sim a possibilidade de integrar diferentes mídias como imagens e vídeos, diretamente da internet. Por exemplo, se você quiser usar uma fotografia que está no Flickr, o próprio sistema insere essa imagem para você, sem a necessidade de copiar a imagem e inserir nas apresentações. Com vídeos do Youtube o sistema é o mesmo!

Assim que estudar mais o sistema, publico um tutorial detalhado sobre o seu funcionamento para que professores, palestrantes e designers instrucionais possam aproveitar essa incrível ferramenta.

Por enquanto, o uso do sistema é gratuito, mas acredito que no seu lançamento deva existir algum tipo de taxa para usar o Sliderocket.