Dicas para palestras e apresentações: Faça a sua platéia pensar

Aqui vai mais uma dica para as pessoas que gostam ou precisam melhorar as suas apresentações. O visual dos slides no PowerPoint ou Impress ajuda a impressionar a platéia, mas se o texto dos slides não estiver bem preparado, não tem imagem de fundo que faça milagre. A escolha correta das frases e dos textos para a sua apresentação pode salvar o que poderia ser um completo desastre.

O texto para uma apresentação deve ter um sentido claro; servir como apoio para a sua apresentação. Com isso em mente, esqueça os textos copiados de documentos. Eles servem para detalhar um processo ou situação, a pessoas que estão lendo um documento. Elas esperam um texto mais formal, para esse tipo de documento.

Mas uma apresentação deveria ser uma coisa mais descontraída, sem a formalidade de um documento. Claro que existem exceções, mas na maioria dos casos as apresentações precisam cativar a platéia.

Então o que fazer? Lembre que para um processo mais eficiente, precisamos transformar a apresentação em uma conversação em que a platéia esteja interagindo. Caso contrário, estaremos em uma situação semelhante, a uma conversa em que uma pessoa apenas fala e a outra escuta. Ninguém gosta desse tipo de conversa, ainda mais quando você é obrigado a ficar de 30 a 60 minutos preso a ela.

Para transformar a sua apresentação em uma conversa coletiva, escolha textos curtos para os seus slides e sempre reserve um slide para fazer uma pergunta para a platéia. Sempre faça uma pergunta a platéia, seja para reflexão ou para resposta imediata. Isso vai fazer com que as pessoas se sintam parte da apresentação.

Uma estratégia muito comum também consiste construção de uma apresentação, baseada em perguntas. Por exemplo, você precisa fazer um treinamento em que uma série de processos na sua empresa devem ser abordados, para isso as dúvidas dos funcionários podem ser usadas como texto para o slide. A sua apresentação será baseada nas respostas a essas perguntas.

Para exemplificar melhor isso, encontrei uma apresentação muito boa que está formatada dessa maneira. Pouco texto e com várias perguntas intercalando o conteúdo:

Nota: Repare que são poucos os slides que apresentam uma grande quantidade de texto.

Apesar de estar em inglês, podemos tirar algumas lições do layout, principalmente na seqüência que leva até a pergunta:

  1. Apresente o assunto que está sendo discutido
  2. Mostre os argumentos e detalhes importantes
  3. Faça um questionamento e interaja com a platéia
  4. Assim que a platéia parar de interagir, responda a pergunta com as suas palavras

Pronto! Assim teremos uma apresentação mais interativa e interessante para a platéia. Tente seguir essas regras para conseguir cativar mais a sua audiência.

Dicas para palestras e apresentações: Adicione videoclipes no estilo MTV com o Animoto

O que você acha de adicionar um videoclipe as suas apresentações no melhor estilo MTV? Certamente esse tipo de apresentação iria fazer muito sucesso, a platéia teria outra impressão da sua apresentação. Pois agora qualquer pessoa pode produzir esse tipo de vídeo, sem a necessidade de conhecer nenhuma ferramenta de edição para vídeo ou áudio. Tudo isso graças a um serviço que foi lançado hoje para o público, chamado de Animoto.

Mas como ele funciona? O processo funciona assim:

  1. Faça o upload de algumas [BP:215]fotografias[/BP] ou imagens para o sistema do Animoto. Uma opção interessante é indicar fotografias ou imagens armazenadas em sites como PicasaWeb e Flickr. O próprio sistema do Animoto se encarrega de copiar os arquivos nesses sites.
  2. Envie ou escolha uma música disponível no próprio sistema para a trilha sonora
  3. Solicite que a animação seja gerada.

Pronto! É só isso que precisamos fazer para gerar esses vídeos. Um detalhe interessante, o sistema do Animoto, analisa as imagens e o áudio, para produzir as [BP:215]animações[/BP]. Então eles prometem que essa analise sempre vai gerar vídeos diferentes, então você nunca terá dois vídeos iguais no sistema. Veja esse vídeo de demonstração, produzido pela própria equipe do Animoto:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=dvjRzaUYoLw[/youtube]

Eu já me inscrevi no sistema, mas infelizmente ainda não consegui produzir nenhum vídeo. Parece que a procura está sendo muito grande, adicionei algumas imagens e o processo ainda não foi finalizado. O interessante é que eu deixei o vídeo sendo processado no sistema, fechei a página e isso não prejudica em nada a criação do vídeo. Mais tarde eu volto para verificar.

Por enquanto o recurso para fazer download dos vídeos ainda não está disponível, mas acredito que não deva demorar já que esse será um recurso muito solicitado.

Você pode estar se perguntando, mas sem fazer download dos vídeos, o que vou fazer lá? Por enquanto se ambiente com o sistema, crie alguns vídeos e se prepare para enriquecer as suas apresentações com material audiovisual de qualidade. Com certeza os seus colegas, alunos e participantes dos seus treinamentos vão ficar impressionados com a abertura das suas apresentações.

Dicas para palestras e apresentações: Qual o melhor Layout?

Quando estamos começando a criar uma apresentação, a escolha do Layout dos slides pode influenciar em muito o sucesso da sua apresentação em si. Como é de praxe, as ferramentas que criam apresentações nos disponibilizam várias opções para organizar visualmente os slides. Na sua última versão o [BP:215]PowerPoint[/BP] mostra até mais variações de Layout que o [BP:215]Open Office Impress[/BP], mas independente da ferramenta que estiver sendo utilizada, os erros que nós cometemos na elaboração desses slides é sempre o mesmo. Com certeza você já deve ter presenciado apresentações em que os slides estavam abarrotados de texto, para piorar ainda mais a situação a pessoa que estava fazendo a apresentação, insiste em ler o texto do slide integralmente.

Esse tipo de apresentação é ineficiente visualmente, sem falar que as pessoas que assistem a apresentação ficam com a clara impressão de despreparo do apresentador. Como você não se preparou para a apresentação, escreveu tudo que iria falar nos slides. Lembre que os slides devem servir apenas como apoio para o desenvolvimento das idéias. Com base nisso, podemos usar essa regra simples no design dos slides: Quanto menos texto melhor!

Isso mesmo, quanto menos texto usarmos nos slides, mais agradável visualmente os slides devem parecer. Caso você precise apresentar várias idéias sobre um determinado assunto, prefira um texto grande que destaque essa idéia em apenas um slide.

Veja esses exemplos práticos, na imagem abaixo está um slide que possui um layout muito comum. No título mostramos o assunto e depois vários tópicos de texto para desenvolver o assunto:

Slides layout

Usar esse tipo de layout trás algumas conseqüências para a nossa apresentação:

  • Tendência natural a ler o texto no slide
  • Depois que cada tópico é explicado precisamos olhar freqüentemente para o slide, para seguir com a apresentação
  • A platéia vai achar que você não se preparou para a apresentação e que não domina o assunto

A melhor opção para os slides é utilizar layouts como o mostrado na imagem abaixo:

Slides layout 2

Aqui apenas uma idéia principal é apresentada no slide, com algumas poucas linhas com texto grande e de fácil leitura. Assim podemos desenvolver as idéias e mostrar uma apresentação mais eficiente. Utilizar esse tipo de apresentações envolve alguns cuidados, principalmente no domínio do assunto apresentado. Então ensaie bastante antes de fazer a palestra ou apresentação para não correr riscos.

Caso você esteja pensando; devo seguir essa regra para todos os slides? Não, dependendo da situação podemos fazer alterações. Mas use o bom senso para saber quando adicionar mais texto no Slide ou escrever algo que efetivamente precise ser lido na hora da apresentação, como a citação de alguma pessoa famosa.

Então agora você já sabe, quando menos texto melhor! O que acha de revisar aquelas apresentações antigas e adaptar para esse novo formato?

Dicas para palestras e apresentações: Como escolher a fonte correta?

Uma das coisas que mais vejo as pessoas errando na elaboração de slides, para o PowerPoint ou Impress é na escolha correta das fontes. Caso você nunca tenha tido nenhuma experiência com [BP:215]tipografia[/BP], vou mostrar uma regra simples que pode melhorar em muito as suas apresentações. Essa regra é “Nuca use fontes com serifa”. Mas espere um pouco; o que é serifa?

Alguns tipos de fontes utilizam um recurso chamado de serifa, para arrematar as suas extremidades. Essas fontes são indicadas para leitura em papel. Já está provado cientificamente que fontes com serifa são de mais fácil leitura em material impresso. Uma fonte muito famosa que utiliza serifa é a Times New Roman, que é muito utilizada em jornais. Não acredita? Pois pegue um jornal ou livro que esteja próximo, a probabilidade de que essa publicação utilize a Times New Roman é de 90%! Só não é de 100%, porque algumas publicações mais “moderninhas” acabam sendo publicadas com fontes sem serifa mesmo, como forma de mostrar um design editorial mais moderno.

Fontes com serifa

Tudo bem, agora você sabe que deve evitar utilizar fontes com serifa; qual a melhor fonte nesse caso? Pode parecer simples, mas se você não quiser errar utilize a Arial! Isso mesmo, essa é a melhor opção caso você não seja bom com tipografia a melhor opção é a Arial. Mas se você quiser arriscar outras fontes, recomendo:

  • Verdana
  • Tahoma
  • Trebuchet

Caso você queira arriscar encontrar mais fontes, sem serifa para não utilizar essas fontes tão comuns, recomendo uma visita a algum diretório de fontes como o dafont.com, lá existem várias opções gratuitas.

Outra dica interessante nesse caso é para que você tome cuidado com a hierarquia dos títulos e do texto utilizado na apresentação. Tente diferenciar bem, seja com a utilização de tipos diferentes ou tamanhos diferentes.

Para finalizar, economize ao máximo nos textos! Isso mesmo, uma apresentação com muito texto é difícil de ler. Utilize apenas tópicos rápidos, lembre que você não está ali para ler os slides, mas sim para comentar sobre o seu conteúdo. Então os utilize apenas como guia para sua apresentação.

Como planejar uma aula, palestra ou apresentação?

Existe muito material com dicas e técnicas para preparar apresentações, [BP:257]palestras[/BP] e aulas. Todas essas situações compartilham características muito parecidas, envolvendo o domínio do assunto abordado assim como um bom domínio da platéia. Devo confessar que já ministro aulas há 5 anos, tudo que aprendi nesse período foi basicamente com muita experimentação e prática. Nunca fiz um [BP:257]curso de oratória[/BP] e só recentemente li um livro, por sinal muito bom, com várias dicas sobre oratória para apresentações e palestras.

Como esse assunto, deixa muitas pessoas, literalmente de cabelo em pé, resolvi compilar uma pequena lista com algumas dicas para que qualquer pessoa possa criar uma boa apresentação ou palestra. Vou listar alguns pontos que considero importantes no planejamento de uma apresentação ou palestra:

  1. Conheça o assunto: acho que esse ponto é meio óbvio, se você for fazer uma apresentação sobre um determinado assunto, tente estudar e conhecer mais a fundo o tema.
  2. Determine um objetivo: a sua apresentação ou aula precisam de um objetivo claro, o que a sua platéia precisa saber ao final da apresentação?
  3. Trace um caminho para chegar ao objetivo: escolha com cuidado os recursos e meios necessários para chegar aos seus objetivos que sejam vídeos, infográficos ou animações.
  4. Divida o seu tempo: saiba como dosar o tempo em cada tópico da apresentação.
  5. Faça um ensaio: praticar a apresentação é talvez o ponto mais importante, com um breve ensaio é possível identificar pontos que precisam de uma melhoria, assim como treinar a fluidez da oratória.
  6. Tenha um plano B: uma coisa que a prática nos ensina é que às vezes por mais planejada que seja a nossa apresentação, um pequeno detalhe como a total falta de interesse da platéia, pode ocasionar uma total mudança de rumo. Por isso, tenha sempre um plano B, para quando isso acontecer. Se o assunto abordado não estiver agradando, saiba como mudar o foco da apresentação para tentar “resgatar” a apresentação.

Caso você já tenha passado por dificuldades na preparação de uma apresentação, aula ou palestra, seguindo essas dicas simples, o trabalho será mais simples. Lembre que entre essas dicas, a que é mais importante é o planejamento. Posso dizer isso pela prática, principalmente no que se refere à sala de aula. Quando ministro uma aula pela primeira vez, essa aula tende a não ser tão rica. Mas quando estou ministrando essa mesma aula pela quinta ou décima vez, o assunto tende a fluir naturalmente. Isso tem reflexos na oratória e na interação com os recursos da aula, que acabam sendo mais ricos.

Mas como fazer para praticar e adquirir essa fluidez natural? Sempre que você precisar fazer uma apresentação, passe por todos os tópicos, se possível grave a apresentação com seu celular ou outro dispositivo qualquer. Depois escute a sua apresentação. Assim ficará fácil encontrar os pontos que precisam de melhorias.

Siga as dicas, as suas apresentações ou aulas devem ficar muito melhores, atingindo os seus objetivos de maneira muito mais fácil.