Estratégias para fechamento de notas no semestre

Compartilhe o artigo!

Já estamos caminhando para o meio de Junho, o semestre está terminando em várias instituições de ensino. Está chegando àquela hora de fazer o fechamento de várias notas de alunos durante o semestre, os professores ficam sobrecarregados com uma quantidade absurda de provas e trabalhos, para corrigir e contabilizar notas. Podemos usar tecnologia para ajudar na contabilização dessas notas? Claro que sim! A maneira mais simples é usar algo semelhante a uma planilha, em que o professor pode adicionar várias notas, fazer as somas e depois determinar se o aluno foi ou não aprovado, dependendo do resultado.

Mas, que tal fazer algo um pouco melhor que apenas uma planilha? Podemos fazer uma planilha online, e compartilhar com outros professores o andamento dos seus alunos, para ter uma visão geral do seu desempenho. Essa é uma falha em alguns sistemas acadêmicos, eles deveriam permitir consultas a anotações ou notas dos alunos em outras disciplinas. Por exemplo, quando um professor identifica que um aluno em especial, tem dificuldades apenas na sua disciplina, ele pode fazer um trabalho mais direcionado para aquele aluno.

O Moodle já permite fazer esse tipo de acompanhamento, mas considerando que a sua instituição de ensino pode não usar o Moodle, vamos partir para a planilha.

Então, vamos aos passos necessários para compilar as notas no Google Docs, que é o sistema que uso e recomendo para os colegas professores. Se você tiver uma conta no Gmail, o seu acesso ao Google Docs está configurado automaticamente.

Assim que você estiver lá, crie uma nova planilha. Imagine que você tem que contabilizar as notas de 2 avaliações e 3 trabalhos. Cada um com os seguintes pesos:

  • Avaliação 1: peso 9,0
  • Trabalho 1: peso 1,0
  • Avaliação 2: peso 8,0
  • Trabalho 2: peso 1,0
  • Trabalho 3: peso 1,0

Como os sistemas acadêmicos não contabilizam os trabalhos, o professore precisa fazer a conta para finalizar a média. O primeiro passo, para resolver o problema é preencher as colunas da planilha, com os nomes dos trabalhos:

Nas linhas, podemos colocar o nome de alguns alunos, apenas para fins de teste.

Agora vem a parte que faz a diferença nessa planilha, podemos fazer o fechamento das médias. Isso é feito com o uso de uma fórmula. Antes de começar a fazer os cálculos é necessário adicionar as notas dos alunos, com suas respectivas notas.

Na célula indicada na imagem abaixo, escreva o nome das células das tabelas, com as respectivas operações matemáticas, para somar as notas e fazer à média:

A fórmula foi feita assim, para contabilizar as duas avaliações e fazer a média do semestre. Ela faz a soma dos resultados apresentados nas células de B2 até F2, depois que tudo for somado, o resultado é dividido por 2. Caso o seu sistema de avaliação seja diferente, faça as alterações necessárias na fórmula. Para finalizar a parte dos cálculos, clique uma vez na célula em que você escreveu a fórmula e depois, clique e arraste o pequeno quadrado indicado na imagem abaixo, para que a função autocompletar da planilha adapte a fórmula para as outras células.

Só isso? Não, ainda podemos fazer mais uma coisa. Essa planilha pode ser publicada na Web, para que você compartilhe os resultados com outros professores. Clique na aba compartilhar e mande por e-mail o link gerado pelo sistema, para os seus colegas professores. Na opção colaborador, os outros professores podem alterar os dados da planilha também.

Se você quiser ajudar na avaliação dos alunos de maneira geral, adicione uma última coluna a sua planilha, chamada de observações. Lá será possível adicionar comentários de texto, sobre o desempenho dos alunos na sua disciplina, assim os outros professores podem acompanhar o desempenho dos alunos nas outras disciplinas.

Caso a sua instituição de ensino tenha um sistema acadêmico que faça tudo isso, parabéns! Mas, caso não tenha, você pode contornar esses contratempos com planilhas online.

One thought on “Estratégias para fechamento de notas no semestre”

  1. Olá caro colega!

    Gostei bastante das dicas. Como prof. Articulador de labinfo vou orientar meus colegas professores para usar este tipo de ferramenta, inclusive neste início de 2º semestre estarei promovendo uma oficina com esse teor de conteúdo, citarei também o PRAL(Prog. Relacionamento Prof. aluno).

    Até breve com as novidades!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *