Recursos para aula: Base de perguntas para avaliação

Compartilhe o artigo!

Depois que os professores tem o primeiro contato com sistemas de educação a distância, como o próprio Moodle, eles percebem que tem uma ferramenta poderosa, para automatizar algumas tarefas. Por exemplo, aplicar questionários de múltipla escolha, como ferramenta para validar o aprendizado ou a interpretação de algum tipo de texto, começa a fazer parte do cotidiano do trabalho desse professor. O problema é criar um banco de perguntas, com as respectivas respostas para aplicar nas suas aulas. Tenho sempre a mesma dificuldade inicial, com professores que começam a trabalhar com esses sistemas, mas não imaginam o trabalho que dá elaborar essas perguntas.

Apesar de parecer difícil, a tarefa é realizada apenas uma vez. Nos outros semestres as suas perguntas já estão prontas, então é só aproveitar o seu banco de testes e avaliações. Apesar de ser trabalhoso, podemos usar alguns recursos na web para ajudar a compor esse banco de perguntas.

Bloco de perguntas

Caso você não saiba, existe um banco de perguntas e respostas muito bom na web, chamado de FlashcardExchange. Lá podemos encontrar várias perguntas, com as respectivas respostas publicadas por professores das mais diversas áreas.

Por exemplo, quem ministra aulas sobre história da arte ou economia, pode encontrar no sistema uma categoria que reúne apenas perguntas relacionadas com os dois temas. Além de mostrar as perguntas e respostas, o sistema permite que você use o material para estudar. Podemos visualizar apenas as perguntas, para ir respondendo mentalmente ou no papel. Depois é possível visualizar as respostas, que como são dissertativas podem varias. Junto com as respostas, podemos visualizar o tempo que gastamos para chegar às respostas.

Essa é uma ótima base para calcular o tempo médio, gasto pelos seus alunos. O sistema ainda disponibiliza um tipo de inscrição paga, que oferece serviços extras, mas é possível aproveitar o conteúdo fazendo uma conta gratuita. Ele é na sua essência uma rede social de professores e pesquisadores.

Existem perguntas para educação fundamental, ensino médio e superior. Então qualquer professor pode aproveitar o conteúdo do sistema. Claro que tudo está em língua inglesa, mas para professores isso não é problema, pelo menos não deveria ser.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *