Dicas para apresentações e palestras: Como não usar o PowerPoint?

Compartilhe o artigo!

Em algumas situações a melhor solução é rir de nós mesmos. Foi exatamente isso que um comediante americano fez em relação às apresentações em PowerPoint. Ele produziu um vídeo com uma de suas apresentações, em que faz uma sátira aos erros mais comuns, cometidos em apresentações de slides. Como todos sabem, existem algumas situações que são de praxe de uma apresentação, principalmente para as pessoas que não tem muita experiência ou vivência de oratória. Essas pessoas acabam ficando nervosas, produzem apresentações pobres e acabam literalmente lendo os slides.

O comediante acaba abordando de maneira inteligente, todas as situações que envolvem uma apresentação, desde a escolha das cores até o comportamento do apresentador. Para quem trabalha com oratória, esse vídeo é ótimo! São aproximadamente 4 minutos de “análise”, confira o vídeo:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=HLpjrHzgSRM[/youtube]

Se você não entendeu nada, essa é uma descrição dos assuntos abordados pelo apresentador:

  • Ele começa comentando que as pessoas acabam escrevendo nos slides do Powerpoint, exatamente o elas pretendem falar. Para exemplificar de maneira melhor ainda, ele acaba lendo o texto de um slide! No texto ele ainda comenta que com isso, os apresentadores acabam perdendo a atenção da audiência, antes mesmo de terminar de ler o texto.
  • O segundo erro são os erros ortográficos. Realmente, além de literalmente ler o texto, encarar uma apresentação com erros pode literalmente jogar a credibilidade do palestrante no chão.
  • Depois ele mostra como o excesso de itens no formato Bullet, pode acabar com uma mensagem. Na verdade ele acaba mostrando uma sentença inteira, apenas no formato Bullet! Uma bagunça.
  • Agora chegou a vez dos esquemas de cores. Quem aqui não assistiu uma apresentação com aquele fundo brilhante e letras vermelhas? O apresentador ainda mostra algumas conseqüências desse esquema de cores na platéia como vomito, dores de cabeça e falta de atenção.
  • Na parte dos dados, ele comenta sobre o excesso de informações nas apresentações. Inclusive com a exibição de gráficos e outras referências visuais. Quanto mais informações são adicionadas na apresentação, mais difícil fica de ler e interpretar os slides. Para piorar a situação, ele mostra um gráfico extremamente complexo, com sombras e rótulos. Não preciso dizer que fica uma grande confusão visual.
  • Depois temos a adição de animações que distraem a audiência. Veja como ele mostra vários exemplos interessantes de animações que não acrescentam em nada na palestra.
  • Para finalizar, não podíamos esquecer-nos da análise das fontes. O apresentador associa as fontes usadas na apresentação com a personalidade do apresentador. Só uma dica; não use Times New Roman.

O vídeo é ótimo para professores e palestrantes profissionais. Às vezes é bom assistir a essas apresentações para poder rir um pouco dos nossos próprios erros.

Se você conhece alguém que comete algum desses erros, quem sabe não seja uma boa idéia apresentar o vídeo como uma sátira bem humorada. Depois de rir um pouco, quem sabe você não tem idéias para melhorar as suas próprias apresentações.

Fonte: David Airey

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *