Modelo dos 3C de colaboração

Você já se perguntou quais os requisitos necessários para que exista a colaboração em equipes virtuais? Encontrar um modelo para a colaboração é geralmente tema de vários artigos científicos e trabalhos acadêmicos. Um modelo de colaboração abordado com freqüência em vários desses artigos é o chamado Modelo dos 3C, que determina os requisitos necessários para que possa existir uma colaboração efetiva, entre membros de uma equipe, seja ela virtual ou não. O modelo explica que as pessoas precisam Comunicar, Coordenar e Cooperar para que exista a colaboração.

O modelo é simples e descreve com eficiência as necessidades básicas de um ambiente colaborativo. Esse modelo inclusive pode ser utilizado para avaliar os sistemas de colaboração existentes no mercado. Caso você precise escolher uma ferramenta de colaboração virtual para a sua empresa ou projeto, utilize esse modelo para saber se o sistema atenderá as suas necessidades.

Modelo dos 3C para colaboração

O primeiro ponto a analisar está relacionado à comunicação entre os membros da equipe. Quais as ferramentas de comunicação disponíveis no sistema? Claro que esse é um fator importante quando o assunto é trabalho em equipe. Imagine como duas ou mais pessoas editando um mesmo arquivo podem chegar a conclusões mais rápidas, quando as mesmas podem discutir em tempo real via chat ou videoconferência.

O gerenciamento da equipe é outro fator muito importante, já que é necessário estipular prazos e agendar tarefas para alguns membros do projeto. Aqui entra em questão se o sistema oferece algum tipo de opção para gerenciar a atividade da equipe, como agendamentos e gestão de tarefas.

Por último você deve analisar quais as ferramentas o sistema dispõe para a cooperação de tarefas. Caso dois ou mais participantes da equipe precisem editar arquivos ou documentos ao mesmo tempo, como o sistema gerencia isso? Uma nova versão é criada? Apenas um usuário pode editar o arquivo?

Então agora sempre que for necessário avaliar se um sistema online é suficiente para os propósitos do seu projeto, utilize o modelo dos 3C para analisar os recursos e decidir se o sistema atende as suas necessidades.

Todoist – Gestão de tarefas online com integração ao GMail

Todos sabem que realizar a gestão de tarefas e do nosso tempo livre é um desafio e tanto. Ainda mais nos modernos ambientes de escritório, com inúmeras opções de distração como a internet. Hoje existem serviços online que oferecem ferramentas para gestão de tempo e tarefas em tempo real. Um desses serviços é o promissor todoist, que é uma ferramenta de gestão para tarefas com integração ao Gmail do Google. O serviço oferecido pelo site é simples mas muito eficiente podendo ser acessado inclusive por aparelhos celulares sem nenhum custo.

Sobre os custos é importante lembrar que o todoist não cobra absolutamente nada pelo acesso, sendo totalmente gratuito.

Mas como funciona essa integração com o GMail? Com a integração é possível marcar mensagens no gerenciador de e-mails para responder no futuro, caso você não tenha tempo para uma resposta imediata. Assim a reposta a esse e-mail ficará marcada como uma tarefa no sistema.

Todoist

Está ai uma ótima sugestão para a equipe de desenvolvimento do Google implementar no Google Calendar.

Ensino colaborativo com Moodle

Nas minhas experiências com ensino colaborativo, tanto em sala de aula como na coordenação de um curso técnico a distância, ficou claro que uma ferramenta tecnológica é fundamental para proporcionar os meios necessários, para a colaboração entre os alunos.

A ferramenta mais utilizada aqui no Brasil hoje para gerenciar cursos a distância, permitindo um ensino colaborativo é o Moodle. O curso em que sou coordenador utiliza essa ferramenta como sistema de interação e estudo dos alunos. Uma das grandes vantagens do Moodle é que ele foi concebido para funcionar sob a ótica do construtivismo social. Então ele já está preparado para oferecer colaboração online.

Essa colaboração pode acontecer de várias maneiras com o uso de fóruns, Wikis, Chats e outras ferramentas existentes no sistema. Uma das características interessantes em relação ao sistema é o fato de não ser possível induzir o aprendizado dos participantes dos cursos. Isso mesmo!

Moodle Logo

O sistema foi desenvolvido de maneira a deixar a progressão das aulas e tópicos a critério dos estudantes. Então fica complicado induzir um aluno a completar a aula de número 3 somente depois de finalizar a aula 2.

Nos próximos meses estarei investindo em uma escola online, voltada para educação profissional. O sistema utilizado pela escola para treinamentos e gestão dos cursos a distância será o Moodle. Você pode verificar um piloto dessa escola no meu sítio pessoal.

Hoje só tenho um curso pronto, mas logo estarei disponibilizando mais cursos nessa escola piloto. A experiência com o Moodle tem sido muito boa, e ao longo do processo publicarei mais novidades sobre a gestão desses cursos.

Gerenciamento de projetos a distância

Um dos recentes desafios para a execução de projetos a distância consiste na escolha da ferramenta correta para acompanhamento desse projeto. Hoje existem várias opções disponíveis para esse tipo de tarefa. Nas minhas pesquisas identifiquei duas ferramentas que merecem destaque, pela facilidade de uso e baixo investimento inicial. As ferramentas são o Basecamp e o ActiveCollab, que são respectivamente um sistema proprietário e outro baseado em código aberto.

Esse artigo faz uma comparação rápida entre o Basecamp e o ActiveCollab, mas para todos os fins já posso passar as minhas impressões que para projetos que envolvem muitos usuários e uma quantidade grande de informações os planos pagos do Basecamp podem ser uma vantagem.

Estou instalando uma versão do ActiveCollab no meu outro blog para gerenciar alguns dos meus projetos. Como a ferramenta é baseada em software livre, posso instalar livremente no meu servidor para acompanhar os meus projetos.

Assim que eu tiver uma impressão mais detalhada da ferramenta, publico um guia mais detalhado com análises comparativas.