Mahara: Como incrementar as características sociais do Moodle e criar comunidades educacionais?

Já faz alguns dias que comentei aqui no Blog, o uso do Moodle em conjunto com uma ferramenta chamada Open Share, que permite abrir partes de um curso para visitantes do web site. Pois, esse não é o único sistema que funciona em conjunto com o Moodle, para tentar melhorar a experiência do aluno com o sistema e expandir ainda mais as capacidades do sistema. Além de todos os recursos que o Moodle já disponibiliza para instituições de ensino e professores, para oferecer cursos pela internet usando ferramentas e opções com algo nível de interação, ainda existe a possibilidade em agregar os portfólios online ao sistema, ou os e-portfolios como também são chamados.

O que é um portfólio online? Essa é a especialidade de um sistema chamado Mahara, foco desse artigo e a sua integração com o Moodle.

Antes de falar sobre os portfólios online, vamos falar um pouco sobre o uso do Moodle, como plataforma de ensino em instituições que preparam alunos para o mercado de trabalho. Os departamentos de estágio das empresas, precisa constantemente selecionar currículos de alunos, para encaminhar para empresas. Esses currículos na maioria das vezes são armazenados como arquivos DOC. Não seria fantástico, se os alunos pudessem construir currículos no Moodle, e os gerentes dos setores de empregabilidade ou estágio, fizessem uma busca dentro dos perfis, usando tags e outros elementos para procurar por dados atualizados?

Pois, é esse tipo de tarefa que o Mahara consegue realizar. Um sistema de portfólios online permite estender em muito os perfis do Moodle, fazendo com que os alunos possam criar seus próprios artefatos personalizados, redes sociais, listas de amigos, currículos online e muito mais. No ato da consulta do currículo, a mesma pessoa já poderia procurar um histórico das atividades do aluno no Moodle, para verificar o desempenho acadêmico do mesmo.

O vídeo abaixo mostra uma apresentação rápida de como o Mahara funciona:

O melhor de tudo é que o Mahara funciona de maneira integrada com o Moodle, para o aluno parece que ele está no mesmo sistema, pois os dois compartilham informações. Para o aluno, fica a vantagem de permitir que os seus dados sejam ou não visualizados por outros alunos, a escolha é dele!

Como fazer a integração com o Moodle? O vídeo abaixo, explica a integração e foi publicado por Julian Ridden, também conhecido como Moodleman. Ele fala sobre a integração e a vantagem em usar os dois sistemas, mostrando inclusive um exemplo funcional de alunos interagindo com o Moodle e Mahara.

Isso mostra como o Moodle, pode ser uma ferramenta ao mesmo tempo de baixo custo, mas com ferramentas e recursos incríveis, e que fazem com que fique difícil um sistema LMS proprietário competir com a ferramenta. Se você tiver interesse e uma equipe técnica (pequena mesmo), capaz de gerenciar esse tipo de interação com sistemas, vale a pena fazer ao menos uma experiência com o Moodle.

O Mahara também é de código aberto e de uso gratuito!

Leave a Reply