Material impresso ou eletrônico para cursos pela internet (EAD)?

Sempre quem for necessário criar uma nova iniciativa em cursos a distância, seja um curso completo ou os que são chamados de semi-presenciais, os gestores do curso precisam decidir a porcentagem de material impresso, que é entregue aos alunos. Essa é ao mesmo tempo uma ação que contradiz os avanços em termos de aprendizado pela internet, mas que ao mesmo tempo reflete a realidade socioeconômica do nosso país. Sim, os gestores de curso ainda precisam investir pesado em material impresso como apoio as iniciativas de cursos pela internet, sejam em faculdades ou qualquer outro nível educacional.

Apoio Livros

Quando esse tipo de material não é disponibilizado pela gestão do curso, os alunos acabam imprimindo todo o material da internet, para estudar nos mais variados lugares. Isso tem impacto direto na realização das atividades e exercícios na internet. Por exemplo, ao preparar um questionário na internet o designer instrucional precisa prever o primeiro acesso dos alunos, para que o texto das perguntas seja impresso e estudado. Para depois que tudo estiver previamente respondido, apenas no segundo acesso ao sistema os alunos respondem aos questionários. Essa é a realidade dos alunos.

Então, se essa é a grande realidade, não há razão para que uma versão própria para impressão das perguntas, mesmo que não existem as alternativas dos questionários, esteja disponível de maneira a permitir que os alunos possam imprimir mnaterial próprio para seu estudo longe do computador.

Por isso é que a presença de uma pessoa com experiência em design para impressão é importante na equipe de design instrucional, mesmo nos cursos baseados apenas em internet, que usam sistemas como o Moodle para prover o aprendizado.

Mas e o material multimídia? Nesse caso, o mais interessante é fazer um pequeno texto descrevendo os assuntos abordados no vídeo ou mesmo possibilitar o download dos materiais, para que o conteúdo possa ser consultado em celulares ou players de vídeo.

Esse é outro aspecto interessante dos alunos, vários deles ainda não têm computador e acesso a internet rápida, mas tem celulares com capacidades avançadas na reprodução de conteúdos multimídia.

Leave a Reply