Palestra sobre o Moodle, para instituições de ensino

Os leitores mais antigos aqui do Blog devem ter percebido pelo teor dos artigos que sou defensor do Moodle, como ferramenta principal de instituições de ensino que queiram oferecer módulos educacionais com o uso da internet. O motivo é bem simples, acho que o modelo aberto do Moodle é excelente para que o sistema seja adaptado às particularidades da instituição, e não o contrário, como acontece com algumas ferramentas proprietárias. O Moodle é perfeito? Não, claro que ele não é perfeito, mas acredito que as vantagens e a velocidade com que o Moodle é atualizado, o deixam muito a frente de outros sistemas especializados em educação pela internet.

Interface do Moodle

O que leva uma instituição a escolher ou evitar o Moodle?

Muitas instituições de ensino escolhem o Moodle como sistema, como forma de não gastar com licenças para softwares comerciais. O fato de o Moodle ser distribuído pela licença GPL e não haver nenhuma grande empresa responsável por ele, acaba afastando um pouco as instituições também.

Como não existe nenhuma empresa comercializando o Moodle, a maioria das apresentações do sistema, precisa ser feita por equipes internas da própria instituição. Já ministrei várias palestras e apresentações sobre o Moodle, para representantes de instituições de ensino.

Se você está na mesma situação na sua instituição, precisando fazer uma apresentação do Moodle, deve estar se perguntando; o que é mais importante mostrar?

O caminho certo é se concentrar nas vantagens pedagógicas e ferramentas do sistema. Para ajudar nessa tarefa, elaborei uma pequena lista com um roteiro de uma boa apresentação sobre o Moodle:

  • O que é um sistema de código aberto? Vantagens e desvantagens.
  • O que é o Moodle?
  • Quem cuida do Moodle?
  • Como funciona o Moodle? (Mostrar a experiência de um aluno)
  • Tipos de cursos
  • Ferramentas e recursos para atividades e tarefas
  • Parte administrativa

A maioria das empresas que vende sistemas LMS, se concentra na parte administrativa do sistema, mas nas minhas apresentações percebi que a experiência do aluno é mais importante para a maioria das instituições. Mesmo que a parte administrativa seja sacrificada, o mais importante e que fará o nome da instituição é a experiência do aluno.

Espero que esse roteiro possa ajudar na sua apresentação e se você tiver alguma dúvida sobre a elaboração do material, não deixe de usar o formulário de contato para tirar dúvidas sobre o Moodle.

3 Responses to “Palestra sobre o Moodle, para instituições de ensino”

  1. Caro Allan,
    descobri seu site [blog?] há pouco tempo e já sou fã dele.
    Sobre seus comentários sobre o moodle, eu sou o tipo que não consegue ver desvantagens em um software livre, claro que muita gente sequer tem idéia do que isto significa [muita gente, aliás], mas um software comercial, que não permita o acesso ao código fonte, vai de encontro a tudo que uma Instituição de Ensino prega [ou deveria] pregar.
    Sei que muitas IES e muitos colegas resistem ao ensino à distância, mas não há como lutar contra a internet. Ela é uma revolução que veio para ficar, sou se aproveita a maré, ou se é varrido tal qual como se atingido por um tsunami.

  2. Allan Brito,
    Depois que encontrei o Colabotivo.org com artigos bem
    objetivos, postados por você (li 6 ),fiquei muito
    contente, pois,estou tentando entender blog, wiki,
    moodle.
    Outro dia, em meu curso, precisei criar uma wiki,sua orientação no artigo, está excelente mas no site,
    indicado pelo curso, está em inglês -não tenho domínio,
    o que dificultou meu trabalho.
    Os artigos são ótimos, parabéns.
    Abs,
    Claudia M.Raposo 08/10/2008.


    então perdi muito tempo…

    Os textos são ótimos, parabéns.

  3. Por gentileza, desconsidere as duas últimas
    linhas do comentário acima.

Leave a Reply