Estratégias para usar Mapas mentais no planejamento de material educacional

Há alguns meses atrás mencionei aqui no blog o uso de mapas mentais, como ferramenta para trabalhar e criar material educacional. Essa técnica tem sido muito útil na organização e tratamento de informações complexas, para projetos de cursos e materiais educacionais que envolvem grande quantidade de informação. Uma experiência que tenho feito esse semestre nas minhas aulas é substituir alguns slides carregados de texto, por mapas mentais para meus alunos. Os slides geralmente abordam algum conceito que envolve grande quantidade de informação.

Com os mapas mentais, posso trabalhar essa informação de maneira visual e fazer ligações entre os mais variados nós.

Caso você não lembre, esse é um exemplo de um mapa mental:

mindmap [RE]Design

Para criar um mapa como esse; você deve elencar um assunto ou tópico principal que será a raiz do mapa. Depois que o tópico principal for definido, geralmente ele é o assunto principal do mapa, você deve começar a fazer as ramificações, que levam a mais ramificações para criar a imagem de um mapa.

Assim que boa parte da suas idéias estiver no papel, no formato de um mapa mental, ficará mais fácil identificar relacionamentos e até mesmo, visualizar a falta de um tópico importante.

Além das minhas aulas, estou usando mapas mentais para estudar também. Estou fazendo um curso de gestão de instituições de ensino, que geralmente envolve o estudo de muita legislação e normas próprias dessas instituições. Na maioria das vezes, os professores do curso apresentam apenas material textual. Mas, no meu caso, sempre que posso estou transformando tudo em mapas mentais, o que está facilitando muito o estudo.

Caso você queira usar esse tipo de mapa, para planejar os seus materiais educacionais, recomendo o uso de uma ótima ferramenta chamada MindMeister. É com esse sistema que estou criando a maioria dos meus mapas, pelo fato dele ser gratuito e estar disponível na web. Portanto, sempre que for preciso, posso até mesmo enviar um link direto do meu mapa mental, para os meus alunos. Assim o processo de compartilhamento dos mapas fica mais fácil.

A conta gratuita do MindMeister é limitada a seis mapas mentais apenas, mas você pode fazer uma cópia deles em imagem, para começar novos mapas.

Como ferramenta de apoio ao planejamento de material educacional, esse tipo de recurso está se tornando fundamental! O trabalho de um designer instrucional envolve a manipulação e síntese de várias informações, para a criação de um curso, disciplina ou material didático. Para isso, usar mapas mentais pode acelerar o processo de planejamento significativamente.

Leave a Reply