Usando as lições do Moodle para aplicar atividades complexas

O Moodle tem ferramentas muito interessantes para ministrar e oferecer atividades diferenciadas, aos participantes de qualquer curso a distância. Mesmo que a maioria dos cursos e tutores online ainda tenha preferência por atividades mais simples, como o uso de textos, fóruns e questionários. Esse tipo de atividade é mais simples e demanda menos planejamento e design instrucional. Bem, dentre as várias opções disponíveis uma das minhas favoritas é a lição. Ela funciona de maneira diferente dos fóruns e Wikis, mas permite uma flexibilidade incrível por parte dos tutores! Além disso, esse é o único recurso do Moodle que permite configurar pré-requisitos, antes que o Activity Lock esteja disponível no Moodle 2.0.

O Moodle foi projetado para permitir que os alunos possam participar das atividades dos cursos, de maneira aleatória. Ele visita os links e textos em ordem e no final realiza algum tipo de atividade de fixação. Com a lição é possível quebrar essa estrutura linear nas aulas, permitindo que o aluno navegue por textos e materiais em ordem.

Veja esse diagrama, que mostra de maneira clara a estrutura de uma lição no Moodle.

Funciona assim, você pode especificar um pequeno texto, seguido por uma pergunta de fixação sobre aquele conteúdo. Caso o aluno acerte a pergunta, ele pode avançar na lição e ler um novo texto ou assistir um vídeo, caso a resposta esteja errada, você pode direcionar a navegação dos alunos para um texto corretivo, com a explicação detalhada do erro e sugerindo uma nova leitura.

Como você pode ter percebido, o planejamento desse tipo de atividade é muito mais complexa que um simples texto para leitura. O tutor ou responsável pelo curso precisa planejar com cuidado a seqüência de navegação do aluno, direcionando o mesmo para páginas específicas.

Outro ponto importante, na configuração da lição é possível escolher uma dependência a uma lição anterior. Assim o aluno só consegue avançar no curso se participar das lições anteriores

Essa é a melhor maneira de direcionar o aprendizado do aluno, ao menos até que o Moodle 2.0 seja lançado e tenhamos o Activity Lock que permite aplicar esse mesmo conceito a todos os itens do Moodle, seja uma página Web ou até mesmo fóruns.

Bem, agora você já sabe o que faz esse recurso do Moodle. Com o tempo publico mais tutoriais e dicas sobre como configurar esse recurso.

3 Responses to “Usando as lições do Moodle para aplicar atividades complexas”

  1. Muito boa sua explicação Allan.

  2. Robeto Tsuchibashi on May 20th, 2011 at 5:14 pm

    Allan, muito inspirador.
    Estou começando a utilizar esta ferramenta. Tenho tido alguns problemas quanto à apresentação das notas nas atividades realizadas nessa ferramenta. Vc poderia me informar sobre algum tipo de incompatibilidade?
    Alguns alunos realizam as tarefas, mas não aparecem nos relatórios, nos logs consta a entrada do aluno na atividade e até seu encerramento.
    Poderia ser o IE ou sua versão?

    Grato!

  3. Oi Roberto,

    Pode ser a configuração da lição.

    Qual a nota está atribuída para a lição e para cada uma das perguntas?

    Abraços

Leave a Reply