Opção para disponibilizar apostilas e manuais em cursos a distância

Todos os cursos a distância precisam disponibilizar para os seus participantes, algum tipo de manual ou apostila. Apesar de aparecer uma atividade simples, a disponibilização desse tipo de recurso gera um pouco de transtornos para os alunos, principalmente aqueles avessos a instalações de softwares e ferramentas adicionais nos seus computadores, apenas para ler material. O que geralmente faço é gerar as apostilas no formato PDF, que é amplamente utilizado e praticamente qualquer usuário com um mínimo de experiência na internet consegue utilizar. Qual o problema com isso? Assim como qualquer tipo de trabalho que envolva pessoas, não podemos considerar que as pessoas tenham algum tipo de experiência pronta na internet.

Assim, já tive que ajudar pessoas a instalar softwares apenas para ler e consultar arquivos PDF. Algumas pessoas até acharam ruim, que precisaram fazer o download de instaladores com 10-20 MB para ler o arquivo.

Qual a solução? Para resolver esse tipo de problema, o texto poderia ser disponibilizado de duas maneiras:

  • Diretamente no Moodle, como uma página Web
  • No navegador, totalmente formatado para impressão

A primeira opção é interessante, mas não contempla o principal desejo dos usuários de cursos a distância. Apesar de participar de um curso pela internet, eles ainda desejam material para impressão. A página Web do Moodle não é preparada para isso.

Se você está em situação parecida, encontrei um excelente recurso para disponibilizar material de aulas em formato próprio para impressão, diretamente no navegador. O sistema chamado Issuu permite que um usuário do sistema, envie um arquivo PDF que é convertido automaticamente para o formato do Flash Player.

Assim fica mais fácil para que os alunos possam consultar os materiais disponíveis nos cursos. O Flash Player é encontrado na maioria dos computadores e como ele funciona como um plugin, ficam mais simples a sua atualização e utilização no navegador dos usuários. Alguns deles sequer percebem que estão usando o Player.

Só existe um ponto negativo em relação ao sistema, qualquer pessoa tem acesso ao seu material de consulta, caso ele esteja no Issuu.

Mesmo com esse ponto negativo, ele pode servir como base para lançamento de apostilas e pequenos manuais introdutórios. Sem mencionar o grande número de revistas e publicações existentes no sistema, que também podem ser utilizadas como base de pesquisa para professores e designers instrucionais. Principalmente professores das áreas de arquitetura, design, publicidade e jornalismo.

Leave a Reply