Pratique suas técnicas de apresentação com Pecha Kucha

Se você já ministrou aulas já deve ter passado pela difícil tarefa de organizar apresentações de trabalhos em sala de aula. Mesmo que você tente organizar a seqüência, com que os alunos devem fazer as apresentações, com o tempo você acaba perdendo o controle e as apresentações estouram os prazos. Isso irrita a todos, principalmente os grupos de alunos que acabam sobrando para o final. Quer uma solução para isso? Comece a utilizar o conceito de apresentações do tipo Pecha Kucha nas suas aulas! Não faz muito tempo que falei sobre esse formato interessante de apresentação, que ao mesmo tempo se mostra um desafio para o poder de síntese de qualquer pessoa.

Como funciona esse tipo de apresentação? Você faz a sua apresentação, usando uma seqüência de slides como apoio, da mesma maneira que aconteceria em uma apresentação normal. A diferença é que apresentações desse tipo seguem algumas regras:

  • Número total de slides limitado a 20
  • Você só pode ficar 20 segundos em cada slide
  • O tempo total da apresentação deve ser de 6 minutos e 40 segundos

Para que não exista nenhum tipo de distorção, a apresentação em slides deve ser configurada para passar os slides de maneira automática. Assim todos os participantes têm o tempo cronometrado.

Antes de apresentar a idéia para seus alunos, tenha em mente que a primeira reação deles será a surpresa e negação. Com certeza, eles devem alegar que é impossível respeitar as regras e realizar uma boa apresentação. Mas ai é que eles se enganam! Você deve enaltecer que com essas limitações de tempo, eles devem praticar a síntese do conteúdo e eliminar todo o assunto desnecessário. Ou seja, todos eles devem delimitar objetivos bem definidos para a apresentação.

Se todos os integrantes das equipes, se concentrarem nos objetivos da apresentação, as limitações desse tipo de apresentação não influenciam tanto. Na verdade ela é um ótimo treinamento.

Para o professor, a vantagem de usar esse tipo de recurso é o controle sobre o tempo total das apresentações e a possibilidade de incentivar os alunos a trabalhar a síntese. Não só para o material usado na apresentação, mas também na oratória.

Leave a Reply