Redes sociais para área científica e de saúde

Qual área mais complexa em se tratando de design instrucional? Sem sombra de dúvida é a área de saúde. Qualquer pessoa que precise produzir ou pesquisar material para cursos de saúde estará em sérios apuros, caso não disponha de um pequeno orçamento para fazer a própria produção de material. Mas nem tudo está perdido, ainda existem alguns recursos gratuitos na internet para enriquecer esse tipo de aula a distância. Ainda é difícil encontrar cursos de saúde a distância, por motivos óbvios, a logística da aula prática fica muito complicada.

Estou passando por isso nesse exato momento, preciso auxiliar alguns colegas que ministram cursos na área de saúde, em disciplinas semipresenciais, mas que não querem produzir animações ou recursos multimídia para as suas aulas.

Medicamentos

Foi quando esbarrei em alguns desses recursos, que aparentemente estão na web, o que precisamos é de um pouco de paciência e em algumas ocasiões sorte, para poder encontrar. Para ajudar aos colegas que possam estar passando pela mesma situação, resolvi fazer um sumário sobre alguns desses recursos.

Os dois primeiros são redes sociais, que funcionam de maneira muito semelhante ao del.icio.us, mas voltados exclusivamente para a área científica e acadêmica. Um deles em particular tem muito conteúdo para a área de saúde. Apesar de não possuir o volume de informações que o del.icio.us tem, vale uma visita nesses sistemas para conhecer e encontrar material para nossas aulas:

  • CiteULike: Essa rede organiza artigos e pesquisas científicas, de maneira semelhante ao que faria uma rede social de favoritos. Ela não é específica para a área de saúde, mas pode ajudar muitos professores que precisam de material para suas aulas.
  • Connotea: Aqui sim, temos uma rede social voltada a artigos e trabalhos científicos na área de saúde. Para os professores que precisam de material específico, esse é um recurso obrigatório!
  • Domínio público: Sistema mantido pelo governo federal, com material de pesquisadores brasileiros, que disponibilizam tese e dissertações de maneira gratuita.

Com esses recursos é possível sanar boa parte da falta de material disponível na Web. Muitos professores acham que é possível encontrar material apenas pelo Google, mas ele é apenas mais uma ferramenta de pesquisa para preparar aulas. Até mesmo a pesquisa por material acadêmico do Google, deixa a desejar quando começamos a usar o poder das redes sociais.

Use e abuse desses recursos para preparar as suas aulas. Existem apenas dois problemas no uso dos dois primeiros links, ambos apresentam classificam material em inglês.

O segundo problema é escolher a melhor fonte de informação, com tantas opções disponíveis!

One Response to “Redes sociais para área científica e de saúde”

  1. Muito boa a sua dica. Publiquei na nossa Comunidade sobre Gestão do Conhecimento na ENSP/Fiocruz indicando sua fonte. Abçs.
    http://www.ensp.fiocruz.br/moodle/course/view.php?id=16

Leave a Reply