Modelo de contrato pedagógico

Trabalhar como professor não é fácil, além de ter que estar sempre pesquisando constantemente para levar os assuntos com a abordagem mais moderna, contextualizada e clara para os alunos, ainda precisamos cuidar da comunicação e dos bons costumes no nosso ambiente de trabalho. Claro que existem várias técnicas para combinar as regras do jogo, com uma sala de aula lotada. A maioria dos professores combina esses termos com os alunos no primeiro dia de aula, mas em pouco tempo os próprios alunos esquecem essas regras e tudo volta à estaca zero.

Um artifício muito utilizado pelos professores, para deixar registrado por escrito o conjunto de regras e conteúdos que devem ser apresentados aos alunos é resumido em um contrato pedagógico.

Contrato pedagógico

Esse contrato nada mais é que um documento, listando os deveres e obrigações dos alunos e do professor também. Junto com essa lista, deve ser apresentado nesse mesmo contrato, um resumo dos assuntos abordados, apenas os principais tópicos são suficientes para elucidar qualquer dúvida em relação ao conteúdo.

Como preparar esse documento?

O processo de preparação desse documento é simples, veja um modelo com os tópicos principais que devem estar presentes no contrato:

  • Direitos e deveres do discente
  • Direitos e deveres do docente
  • Resumo dos assuntos abordados
  • Objetivo da disciplina
  • Penalidades para a quebra de alguma das regras

Não existe regra definida para o que deve ser colocado nos direitos e deveres dos docentes e discentes. Isos varia de acordo com o ponto de vista de cada professor.

Como apresentar aos alunos?

Assim que o documento estiver pronto, você deve citar a existência do mesmo no primeiro dia de aula. Explique que ele fala sobre os deveres e direitos de cada parte. Depois que tudo estiver explicado e esclarecido, passe para os alunos e solicite que cada um deles rubrique o contrato. Isso mesmo! Essa rubrica pode não ter valor jurídico, mas vai passar aos alunos a sensação de compromisso com aquele documento.

Separe uma cópia desse contrato e entregue para o representante de turma, assim todos podem consultar os termos para tirar dúvidas.

Essa é uma solução para evitar problemas com falta de informação, além de proporcionar aos professores uma segurança que ao menos uma boa parte dos alunos, está ciente sobre as regras.

Isso se aplica em EAD?

Ainda estou tentando encontrar uma boa maneira de implementar esse tipo de contrato em cursos a distância, mas não é fácil. Ainda mais se você quiser que os alunos deixem uma rubrica no documento. Para quem tem o modelo de aula inaugural, pode até funcionar, mas cursos totalmente assíncronos, acabam inviabilizando esse modelo.

5 Responses to “Modelo de contrato pedagógico”

  1. Allan,

    O “contrato” que estabeleço com meus alunos no presencial é o plano de curso bem detalhado. Praticamente uma bússula de onde ir e como ir.

    A “assinatura” é o mantra “está no plano da disciplina” quando alguns alunos querem dar um jeito de “romper” o acordo.

    Comigo funciona.

    Na EaD, a responsabilidade do aluno pela condução do seu aprendizado é maior. Daí o mantra que entoo é “este curso é você quem faz. é sua responsabilidade atingir seus objetivos. estou aqui a sua disposição para ajudá-lo com SEUS problemas e dificuldades…”.

    Acho que colocar mais responsabilidade em quem aprende ajuda bastante na hora do cumprimento dos acordos de funcionamento da dinâmica de aula (seja a distância, seja presencial.

    Ah! Parabéns pelo Blog. Eu o descobri há alguns dias. Sou assinante do RSS.

  2. Antonio Elder Sampaio Nunes on February 24th, 2008 at 7:58 am

    Prezados Carolina Paz e Allan
    A definição de direitos e deveres de ambas as partes torna a relação mais saudável e produtiva e o nome é bem sujestivo “Contrato Pedagógico”.
    Pela sua colocação com relação a EaD, concluo da importância desta modalidade de ensino, que coloca o aluno na situação de ter que pensar, pesquisar, anlisar, concluir e criticar. Parabens.

  3. Como complemento ao plano de ensino, o contrato é realmente muito interessante. Os alunos acabam com um senso maior de responsabilidade. Afinal, estão “assinando” um contrato.

    Fico feliz que vocês estejam gostando do Blog. :)

    Abraços

  4. EU ESTOU VAZENDO UM CONTRATO PEDAGÓGICO EM MINHA ESCOLA, VOCES PODERIAM ME DAR DICAS? OBRIGADA

  5. [...] por 0,5 ponto e for para recuperação ou pior ainda, reprovar uma disciplina? Nesse ponto o contrato pedagógico se torna ainda mais importante, em que o professor deve expor as regras para a sua avaliação e [...]

Leave a Reply