A importância dos objetivos na criação de um curso/treinamento

O que é mais importante, na criação de um curso? A maioria das pessoas ainda acha que é a grade curricular, mas na verdade o mais importante são os objetivos. Quando você faz um curso, qual o primeiro aspecto do mesmo, que chama a atenção? Eu sei, a maioria das pessoas olha a grade curricular. Esse mesmo erro é cometido por designers instrucionais, que planejem cursos. O correto é começar pelos objetivos do curso, para poder criar e modelar o conteúdo para atender a demanda, necessidades e expectativas dos alunos.

Até mesmo na hora de encomendar um curso, os objetivos podem fazer a diferença. Por exemplo, imagine que uma empresa precisa fazer um treinamento, para os seus funcionários em planilhas eletrônicas. Para isso, eles contratam um consultor, para elaborar e preparar o curso. Os gerentes querem que todos os funcionários da contabilidade, aprendam a usar planilhas para aumentar a eficiência e controle contábil da empresa. O ganho projetado com o curso é de 20% a mais na eficiência dos processos.

Quando a empresa contrata o curso, acaba passando para o consultor, apenas a necessidade de um curso sobre planilhas eletrônicas. Pois, o consultor fará um curso generalista sobre planilhas. Como não foi traçado um objetivo específico para o curso, os conteúdos passam por várias áreas da ferramenta de planilhas. Mas apenas em alguns pontos, os alunos aprendem as fórmulas sobre controle financeiro.

Objetivos educacionais

Depois que o curso terminar, os funcionários acabam por subutilizar os conhecimentos e a meta não é alcançada.

Assim os gerentes acabam achando que o curso não foi bom, quando na verdade faltou um objetivo. É mais ou menos, como quando é adquirido um novo equipamento. A maioria das pessoas acaba fazendo um curso, ou encomendando um, que ensine como usar o equipamento. Quando na verdade, existe objetivos mais específicos, como aprender a usar a máquina para diminuir as perdas com matéria-prima em 10%.

Tudo isso deve ser contabilizado na hora de criar ou encomendar um curso. Sempre que alguém me encomenda a criação de um curso, a primeira coisa que pergunto; o que os alunos precisam saber ao término do curso? Que habilidades precisam estar desenvolvidas?

Isso é fundamental para o sucesso! Qualquer iniciativa contrária, como por exemplo, começar pela ementa, corre sério risco de fracassar, representando perda de tempo e dinheiro no investimento feito para o treinamento.

Essa dica serve para quem encomenda treinamentos e para alunos. Quando você for se matricular, pergunte a instituição; quais são os objetivos do curso? Qual o perfil do profissional formado? Caso eles não tenham essas informações, pode desconfiar. A falta dessas informações é um ótimo sinal, para descobrir cursos que foram criados sem planejamento, acarretando em possíveis experiências negativas.

Leave a Reply