ADDIE: Modelo de produção para o design instrucional

Uma dúvida comum a todas as pessoas que começam a trabalhar com design instrucional; existe algum modelo que organize ou ajude na elaboração de material educacional? Muitos profissionais ainda trabalham sem modelos definidos de projeto, para material educacional, abordando o conteúdo como se fosse um web site ou material publicitário qualquer. Na verdade, existem modelos que ajudam a projetar e avaliar a eficácia desse material. Um dos mais conhecidos modelos de produção para material instrucional é o ADDIE.

Essa palavra é um acrônimo para as palavras em inglês, que formam o processo:

  • Analysis
  • Design
  • Development
  • Implementation
  • Evaluation

Mas como esse processo pode me ajudar? O método é simples, ele simplesmente guia a produção de maneira a avaliar a eficácia do aprendizado.

\'ADDIE:

Muita gente que trabalha com educação a distância ou tecnologia educacional, não conhece o ADDIE e não utiliza a seqüência proposta por ele. Ficou interessado? Pois veja como é possível implementar o método:

  1. Análise: Antes de começar a produzir qualquer tipo de material, procure saber quais os requisitos ou características do público-alvo, assim como as dificuldades do assunto abordado. Uma boa pesquisa e planejamento são fundamentais.
  2. Design: Depois que uma análise bem fundamentada é feita, a equipe pode partir para a fase de design instrucional, com os objetos de aprendizagem bem definidos na fase de análise. Aqui a equipe precisa definir o meio e o formato do material instrucional. O projeto de design irá guiar o processo de desenvolvimento.
  3. Desenvolvimento: Nessa fase a equipe desenvolve e produz o material educacional, com base no projeto desenvolvido na fase de design. Um ponto importante aqui é sempre validar o material, com o uso de protótipos.
  4. Implementação: Aqui temos uma nova fase no planejamento, em que a implementação do material também é planejada. Quais os prazos em que os alunos devem fazer as atividades? O material será consultado pela internet? Será impresso? Quais providências precisar se tomadas para que os alunos tenham acesso ao material?
  5. Validação: Depois de um longo período de projeto, agora chega a hora de validar o conteúdo. Para isso são necessários alguns testes, com participantes que possam validar o conceito. Os usuários devem representar o público-alvo do curso, para passar uma experiência válida. Ao final dos testes, o designer instrucional deve ser capaz de dizer se o treinamento foi eficiente, identificar pontos passíveis de correção e outros.

Como você percebeu, esse modelo é bem completo e sistêmico. Muita gente não gosta dele por isso, o seu processo é demorado e dispendioso, mas quem usa tem a certeza de estar produzindo material de qualidade.

Seria pretensão minha, tentar descrever uma metodologia como o ADDIE em apenas um pequeno artigo. Se você ficou interessado na metodologia e quer implementar o sistema, ou simplesmente saber mais sobre ele, visite esse endereço. Lá existe uma descrição detalhada sobre o processo.

Leave a Reply