Sakai: Novo LMS para concorrer com o Moodle

O Moodle é praticamente uma unanimidade entre as instituições públicas que usam educação a distância no Brasil, cada vez mais instituições de ensino particulares e empresas usam o Moodle também. Mas o Moodle é a única opção de código aberto? Na verdade não, apesar de apresentar muitas vantagens e benefícios para alunos e professores, um concorrente de peso chamado Sakai está cada vez mais ganhando espaço, como opção de LMS.

Antes de analisar, o motivo pelo qual várias instituições e empresas estão adotando o Sakai, precisamos entender o motivo pelo qual, ferramentas como o Moodle e Sakai são tão atraentes para instituições de ensino e ambientes de EAD.

Assim como o Moodle, o projeto Sakai é focado na colaboração online que resulta no aprendizado dos alunos por intermédio das interações e relações sociais. Os participantes são instigados a trocar idéias e realizar atividades colaborativas, com o intuito de aprender e construir competências. A maioria dos sistemas LMS que estão disponíveis no mercado, focam nas tarefas e download de arquivos. Apesar de apresentar fóruns, esses não são o ponto central da ferramenta. Até as opções de mensagens internas, para que os participantes possam enviar mensagens uns para os outros são restritas, ou então pouco exploradas.

Sakai Logo

Eu particularmente nunca usei o Sakai em ambientes de produção, mas vejo um número cada vez maior de instituições usando a ferramenta. O funcionamento dela pode ser um pouco diferente do Moodle, mas para um gestor de EAD as coisas pouco mudam. Pela lista de ferramentas disponíveis no Sakai, as opções não são tão diferentes assim. Veja uma lista resumida, com os recursos disponíveis:

  • Fórum
  • Chat
  • Centro de mensagens
  • Calendário
  • Apresentações
  • Repositório de arquivos
  • Wiki
  • Páginas Web
  • Anúncios e avisos

Vários dos recursos do Moodle estão presentes nele. Só pelo fato de apresentar a possibilidade de elaborar Wikis, o sistema já mostra uma tendência à colaboração online. Outras ferramentas estão em desenvolvimento pela comunidade que mantém o projeto como:

  • Transmissão de interface (Fantástico para ministrar aulas de informática)
  • Conferências em áudio
  • Desenho compartilhado

Um ponto que em as ferramentas são bem diferentes, a linguagem em que o Sakai é desenvolvido é o Java. O Moodle é todo baseado em PHP. Esse é um detalhe que interessa mais ao departamento de TI da sua instituição ou empresa, mas é importante frisar.

Se você quiser fazer um teste com o sistema, ele é totalmente gratuito e pode ser copiado e alterado livremente. Visite o seu web site oficial para conhecer mais sobre esse ótimo projeto. O Moodle que se cuide!

Leave a Reply