Dicas para apresentações e palestras: Apresentações voltadas para educação

Sempre que lemos algum tipo de material ou dica, relacionada à criação de apresentações, essa dica está relacionada à criação de apresentações empresariais ou motivacionais. Existe diferença, entre uma apresentação em ambientes corporativos e outra voltava para educação? Claro que sim, os objetivos e publico alvo são completamente diferentes. Fora isso, a motivação e os resultados gerados pela apresentação também são encarados de maneira diferente. Para criar uma apresentação eficiente, entender as diferenças entre os dois tipos é importante.

Vejamos alguns pontos que separam esses dois tipos de apresentação.

Dicas para palestras e apresentações

Primeiro as apresentações voltadas à ambientes corporativos ou empresariais:

  • Público: Aqui podemos ter praticamente qualquer tipo de pessoa. Tudo vai depender do tema da palestra e área específica.
  • Objetivos: Na maioria das vezes os objetivos variam entre a motivação ou convencimento sobre as qualidades de uma técnica ou produto.
  • Resultados: Os resultados desse tipo de apresentação são mensurados na mudança de atitude dos participantes. Outro resultado comum, convencimento que um produto ou técnica é aquilo que a pessoa precisa para que ela compre alguma coisa.
  • Avaliação: Não existe avaliação nesse tipo de apresentação.

Essas são algumas características das apresentações para ambientes corporativos. Mas e apresentações para educação? Vamos às características?

  • Público: Aqui também podemos ter um público variado, mas na maioria das ocasiões uma porcentagem considerável os jovens são maioria.
  • Objetivos: Essa é uma diferença importante, precisamos que as pessoas assistindo a apresentação aprendam alguma coisa. Não temos como objetivo, alterar alguma emoção ou convencer sobre a qualidade de um produto, mas sim ensinar alguma coisa.
  • Resultados: Como resultado da palestra ou apresentação, o participante deve apresentar um novo conhecimento ou entendimento sobre um determinado assunto.
  • Avaliação: Essa é uma parte importante, os participantes sabem que no futuro, eles devem ser avaliados, para saber se o conteúdo da apresentação foi bem assimilado.

Veja que as principais diferenças estão nos resultados e objetivos. Principalmente quando abordamos a palavra aprendizado. Mas como fazer para planejar uma apresentação com objetivos educacionais? Isso é assunto para um artigo mais extenso com algumas dicas valiosas! Entender as diferenças entre os tipos foi só o primeiro passo.

Aguarde pelo próximo artigo!

2 Responses to “Dicas para apresentações e palestras: Apresentações voltadas para educação”

  1. Oi Allan tudo bem?
    Cheguei aqui no seu novo projeto por meio do seu blog. E somente agora =) mas simplesmente adorei!
    Parabéns
    []s gelly

  2. Olá Gelly,

    Fico feliz que você esteja gostando!

    Eu divulgo pouco esse blog lá no allanbrito.com, mas gosto muito de escrever para ele também.

    Como gosto de comunicação e educação, assim como computação gráfica, resolvi unir as duas coisas aqui nesse blog. :)

    obrigado pelo apoio.

    abraços

Leave a Reply